História

O Centro Social Paroquial de Ronfe foi fundado em Abril de 1974, com estatutos aprovados pelo arcebispo de Braga, e iniciou formalmente as suas atividades em 1980. Desenvolve diversas respostas sociais, com protocolos celebrados com a Segurança Social e o estatuto de IPSS:

A história do CSPRonfe

Na década de 1980 começou com o apoio à infância, com o pré-escolar e posteriormente alargou o seu âmbito para a creche e ATL. Na mudança do milénio, iniciou o apoio aos mais idosos, criando o Centro de Dia e Apoio Domiciliário. Em 2005, abriu o Gabinete de Acção Social. Em 2009, iniciou a construção de um lar residencial e que se encontra já em fase de conclusão, com o apoio dos programas POPH e ON2 e, particularmente, da população de Ronfe, que tem trabalhado arduamente para ajudar a co-financiar a obra.

Perante a situação actual de grande carência económica, fomos recentemente desafiados a abrir, já no início de 2013, uma Cantina Social para fornecer refeições gratuitas às pessoas mais necessitadas. Como Instituição ligada à Igreja, o Centro Social Paroquial de Ronfe procura dar a melhor resposta às necessidades e anseios da comunidade. A sua história de sucesso tem sido fruto do grande envolvimento e cooperação com a comunidade.

Tributo ao Monsenhor Horacio de Araújo

No centenário de nascimento de Monsenhor Horácio de Araújo

Monsenhor--Horacio-de-Araujo

Monsenhor Horácio de Araújo nasceu a 12 de Janeiro de 1913, em Vila Verde. Após a sua ordenação foi trabalhar para Ronfe, assumindo o múnus de pároco em 1935, que exerceu até 1985; faleceu em 3 de Novembro de 1988.
Monsenhor Horácio de Araújo foi um padre dedicado ao Povo de Deus que lhe foi confiado, trabalhou na formação laical, edificou obras para a ação pastoral, fundou o Centro Social paroquial de Ronfe e dedicou-se, particularmente, ao anúncio do Evangelho, através das pregações por toda a diocese de Braga.

 

 

MonsenhorVideo

 

 

No centenário do seu nascimento, a comunidade de Ronfe agradece o legado deixado.